Fiscal Agropecuário: qual o papel e possibilidades de atuação

Os fiscais agropecuários são a primeira linha de batalha contra compostos tóxicos usados ​​na indústria de alimentos e procedimentos de processamento inadequados que resultam em baixa qualidade dos alimentos. Então, eles indiretamente protegem os interesses do consumidor.

Os fiscais agropecuários controlam as práticas agrícolas e pecuárias, certificando-se de que seguem os regulamentos estaduais e federais de segurança alimentar e saúde pública. Eles inspecionam a quantidade de fertilizantes, pesticidas ou herbicidas usados ​​nas plantações e fazendas e comparam com o que é permitido pelas autoridades.

Se uma plantação ou fazenda for considerada insegura para a saúde pública, os fiscais agropecuários podem recomendar o fechamento da instalação por meio de um relatório detalhado de suas descobertas. Por isso, este trabalho requer flexibilidade, resistência física e mental e atenção aos detalhes. Vamos entender um pouco mais sobre ele? 

O que faz um Fiscal Agropecuário? 

A agricultura é o ramo da economia que alimenta a população de um país. Os produtos agrícolas fornecem alimentos, roupas e outros materiais usados ​​em muitas indústrias. À medida que as práticas agrícolas e pecuárias se tornaram mais avançadas, muitos regulamentos foram colocados em prática pelo governo para garantir a saúde pública e a segurança alimentar.

Por exemplo, o cultivo de grãos, frutas e vegetais se tornou mais fácil com o uso de fertilizantes. No entanto, seu uso é estritamente regulamentado porque uma grande quantidade de fertilizante pode afetar negativamente a qualidade do produto cultivado.

Os agricultores também podem usar pesticidas e herbicidas para evitar que plantas ou insetos desnecessários danifiquem as plantações. No entanto, o uso excessivo de agrotóxicos pode resultar em toxicidade para a planta, o que pode significar problemas de saúde para o consumidor final. Os fiscais agropecuários também avaliam a qualidade da carne, a saúde dos animais nas fazendas e as condições de higiene e armazenamento.

Os fiscais agropecuários coletam amostras e as enviam para laboratórios onde a qualidade dos produtos agrícolas, como grãos, vegetais, frutas, carne, peixe ou laticínios, é testada minuciosamente. Com base nas conclusões, os inspetores fornecem relatórios detalhados que indicam o nível de segurança dos produtos. Se eles virem alguma violação, eles escreverão um relatório com recomendações para corrigir os problemas.

Funções de um fiscal agropecuário

Confira algumas outras funções de um fiscal agropecuário! 

Examinar o alimento

O inspetor agrícola examina commodities agrícolas e operações relacionadas, como operações de pesca e extração de madeira, para garantir a conformidade das operações com a lei e os regulamentos dos padrões de saúde, segurança e qualidade do governo.

Examinar o gado 

Um grande número de pessoas em nosso país consome laticínios e outros produtos de origem animal. Por isso, é importante garantir que o gado de onde retiramos nossos laticínios e outros produtos não esteja infectado com qualquer tipo de doença que pode ser prejudicial ao ser humano. Portanto, é responsabilidade do fiscal agropecuário examinar o gado e verificar se está saudável.

Garantir a limpeza

Garantir a limpeza é outra responsabilidade importante do trabalho de um fiscal agropecuário. Matadouros ou granjas avícolas e leiteiras podem ser um terreno para várias doenças que podem ser bastante prejudiciais para os seres humanos. Portanto, é importante que eles estejam limpos. Um inspetor agrícola garante que esses locais sejam limpos e que as condições sejam higiênicas. 

Testagem

Como fiscal agropecuário, é importante que o indivíduo realize vários testes para manter a qualidade.  Isso inclui coleta de amostras de rebanhos, plantas e outros produtos, como a ração dada ao animal, e envio a laboratórios para testar. Testes periódicos realizados por eles também auxiliam na prevenção de doenças generalizadas entre os animais.

Garantindo qualidade

Em um país onde há milhões para alimentar, a qualidade costuma ser a primeira vítima do problema de uma população tão grande. Como fiscal agropecuário, é seu dever inspecionar regularmente as fábricas de processamento de alimentos ou de manufatura de alimentos. Alimentos ou ingredientes de má qualidade, como aditivos e compostos usados ​​para preparar produtos alimentícios, podem significar um desastre para uma nação.

Emissão de certificados

Emissão de certificados oficiais de classificação, etiquetagem e selagem de produtos classificados de acordo com as normas regulamentares.

Procedimentos legais

Em caso de violação das leis alimentares, pode ser necessário que um fiscal agropecuário tome parte no processo judicial e forneça provas na forma de relatórios de teste. 

Redação de relatórios

A redação de relatórios é novamente um aspecto importante do perfil de trabalho de um fiscal agropecuário. Escrever relatórios de descobertas ou descobertas durante os testes, ou recomendar e aconselhar os agricultores sobre um método específico; tudo é feito pelo fiscal. Às vezes, os relatórios também incluem os procedimentos de cultivo ou regulamentos de segurança. 

Média salarial de um Fiscal Agropecuário

A média salarial de um Auditor Fiscal Federal Agropecuário no Brasil, de acordo com a plataforma Glassdoor é de R$17.037 reais mensais. É um número bastante atraente, não é mesmo? Mas, cuidado: essa profissão não é nada glamourosa. Muitas vezes você terá que viajar para locais de difícil acesso e colocar a mão na massa se envolvendo em situações que podem até ser consideradas um pouco nojentas. 

Concurso Fiscal Agropecuário

Para ser um Fiscal Agropecuário, você deve ser formada em alguma das áreas de atuação dessa profissão, que incluem: medicina veterinária, agronomia, zootecnia, dentre outras. 

Além disso, a maioria das vagas dessa profissão são disponibilizadas por meio de concursos públicos. Nas provas, além de questões de áreas básicas do conhecimento como matemática, redação e português, a maior parte são questões técnicas relacionadas à profissão. Vamos ver alguns exemplos? 

ESAF – 2017 – MAPA – Auditor Fiscal Federal Agropecuário – Médico Veterinário

Considerando os atributos de frescor de pescados previstos no RIISPOA/2017, assinale a alternativa que contemple os pescados que devem se apresentar vivos e vigorosos como características a serem verificadas conforme Artigo 210 do referido Regulamento.

  1. Crustáceos e cefalópodes.
  2. Gastrópodes e siris.
  3. Lagostas, caranguejos e rãs.
  4. Moluscos bivalves e crustáceos.
  5. Lagostas, camarões e caranguejos.

Gabarito: B

Com relação à pasteurização de leite e leite pasteurizado, segundo o RIISPOA/2017, é correto afirmar que:

  1. a pasteurização rápida consiste no aquecimento do leite em camada laminar entre 72ºC (setenta e dois graus Celsius) e 75ºC (setenta e cinco graus Celsius) pelo período de sete a doze segundos.
  2. o leite pasteurizado deve apresentar provas de fosfatase alcalina positiva e de peroxidase negativa.
  3. desde que autorizada pelo Departamento de Produtos de Origem Animal, pode ser permitida a repasteurização do leite para consumo humano direto.
  4. para o sistema de pasteurização rápida, a aparelhagem deve incluir válvula para o desvio de fluxo do leite com acionamento automático e alarme sonoro.
  5. o leite pasteurizado destinado ao consumo humano direto deve ser refrigerado em temperatura não superior a 4ºC (quatro graus Celsius), em até 30 minutos após a pasteurização.

Gabarito: D

Assinale a opção correta, segundo a Portaria nº 46, de 10 de fevereiro de 1998, sobre o item “B – Organograma da Empresa – Visando assegurar a eficiência do Plano, algumas exigências são necessárias: a) Relativas ao técnico”.

  1. Estar motivado para a aplicação do Plano de APPCC e comprometido com a importância de suas funções, direitos e deveres durante a execução de todo o processo.
  2. Possuir experiência na aplicação do Plano de APPCC, em tecnologia de processamento de produtos cárneos, em procedimentos de higiene e sanitização e em análises organolépticas.
  3. Ser o elemento de contato direto para os assuntos referentes ao Plano junto à Direção-Geral da Empresa e ao Serviço de Inspeção Federal.
  4. Ter perfil técnico avançado, de modo a repassar para outros participantes da equipe todo o conhecimento obtido durante a fase de implementação (1ª etapa).
  5. Ter poder máximo de decisão para a aplicação das penalidades do Plano de APPCC.

Gabarito: C

Quer continuar treinando e aprendendo para alcançar o título de Fiscal Agropecuário? Conheça os cursos preparatórios do Ifope! São várias modalidades, incluindo treinamentos para as áreas básicas do conhecimento das provas para essas posições.